Aprenda a criar campanhas no Google AdWords para seu e-commerce!


Empresas de e-commerce já entenderam que investir em boas técnicas de marketing digital é indispensável quando o assunto é rankear bem nos resultados de busca do Google e aumentar o tráfego no site do negócio.

No entanto, cabe explicar que isso pode acontecer de duas formas distintas: o chamado marketing orgânico (quando um site é rankeado nos mecanismos de busca naturalmente, pelo uso de estratégias de SEO e de palavras-chave) e o sistema conhecido como links patrocinados (no qual a empresa paga para ter seu anúncio disponibilizado entre os primeiros resultados de pesquisa do Google ou paga por cada clique que usuários dão nos seus anúncios).

Hoje, vamos falar especificamente de campanhas no Google AdWords, o serviço do Google voltado justamente para links patrocinados, isto é, práticas que têm como objetivo reservar um espaço em suas primeiras páginas para que os anunciantes disponibilizem seus produtos e serviços de maneira otimizada.

Anúncios de pesquisa dinâmicos e grupo de anúncios

Este tipo de ferramenta é interessante, pois utiliza rastreamento orgânico a fim de encontrar conteúdos em seu site que tenham relevância, em vez de basear a pesquisa somente nas listas de palavras-chave.

Chamados de DAS (anúncios dinâmicos da Rede de Pesquisa), estas ferramentas ajudam você a manter um índice atualizado do que está vendendo ou anunciando em seu site, pois consegue identificar o que sua página está utilizando naquele momento (por isso, é chamado de dinâmico), acompanhando a movimentação de conteúdos nas páginas e ajudando sua empresa a estar com as novidades e lançamentos sempre em evidência, se destacando das demais.

Por meio de segmentação, sistemas geram dinamicamente o título do texto da oferta anunciada com base na consulta que os clientes fazem na internet.

Importância das palavras-chaves

As palavras-chave ajudam os mecanismos de busca a encontrar seu conteúdo por meio da relação entre palavras que descrevem um problema e palavras que definem uma solução que sua empresa oferece.

O interessante deste tipo de situação é que o Google só rastreia este conteúdo quando não encontrar outro já preparado para ser exibido por palavras-chave. Isto significa que, no caso de seu potencial cliente procurar por algo que você tenha em seu site, mas que não está propriamente vinculado a um conteúdo de blog com bom rankeamento, por exemplo, o AdWords procurará e encontrará mesmo assim, aumentando suas chances de apresentar as soluções aos clientes.

Mapeamento da conversão

O Google AdWords oferece uma ferramenta muito útil para mapear a conversão dos clientes. Acionando-a, é possível avaliar a eficácia dos cliques que determinado anúncio teve em gerar vendas de fato (compras pelo site, downloads, assinatura de newsletters, e assim por diante).

Ou seja, o índice mostra o que o cliente fez como consequência de clicar, mostrando como o clique contribuiu de fato para uma ação que gere retorno concreto à empresa.

Outra coisa importante a se pensar é a questão de que, na hora em que as pessoas forem direcionadas à sua página, precisarão encontrar um site bem estruturado, capaz de retê-las e de gerar conversões.

Muitas vezes, os links patrocinados podem cumprir bem sua função de captar e de direcionar potenciais clientes, mas o mapeamento da conversão mostra que nas etapas seguintes também é necessário um bom trabalho de marketing para conseguir o interesse real no fechamento de vendas.

Para solicitar uma proposta de Google Adwords para sua empresa, CLIQUE AQUI


Featured Posts
Recent Posts

Agência Afiliada