Diferenças fundamentais no e-mail marketing para empresas B2B e B2C


Uma das dificuldades de quem quer obter bons resultados com o Marketing Digital e suas ferramentas, especialmente o e-mail marketing, é aplicar as estratégias corretas para cada caso e momento.

O que poucos profissionais e diretores entendem é que uma empresa que atue no ramo B2B terá que adotar estratégias e conceitos diferentes daquela que atua no segmento B2C. Por não entender isso, a empresa acaba obtendo resultados pouco satisfatórios nas suas campanhas.

Mas é possível alterar essa situação com um pouco de informação. Portanto, continue lendo para saber quais as diferenças entre empresas B2B e B2C e como isso se traduz em estratégias de e-mail marketing!

O que são empresas B2B e B2C e quais as suas diferenças?

Não conseguiremos entender as diferenças fundamentais de estratégias de e-mail marketing para empresas B2B e B2C se não entendermos o que são essas empresas e o que as diferencia.

As empresas B2C são aquelas que trabalham focando no consumidor final dos seus produtos. Daí a sigla B2C (Business to Consumer), que significa algo como “De Empresa para Consumidor”, em uma tradução livre.

Já as empresas B2B (Business to Business) são empresas cujos negócios são tratados com outras empresas. Ou seja: para quem vende para outra empresa, no papel de uma indústria, revendedora ou distribuidora. Sua sigla significaria algo como “De Empresa para Empresa” em português.

Vender no mercado B2C é muito diferente do que no mercado B2B. Para começar a notar as diferenças, podemos ressaltar como o público-alvo de uma estratégia de marketing nesses dois cenários é diferente.

No mercado B2C, o alvo das estratégias de marketing é o consumidor final, mais guiado pelas emoções do que pela razão. Existe uma estatística que comprova essa afirmação: cerca de 70% das decisões de compra são feitas no próprio ponto de venda. Ou seja: a grande maioria das compras do mercado B2C são decididas na hora da venda, com pouca consideração e mais emoção.

Já no mercado B2B quem faz a compra é um profissional do Departamento de Compras da empresa. É alguém treinado para entender as nuances do mercado, pesquisar o melhor preço, entender as necessidades da empresa e trabalhar em cima disso. É uma compra muito mais baseada na razão.

Quais as mudanças no e-mail marketing de cada tipo?

Conteúdo oferecido

A estratégia de e-mail marketing para esses dois mercados começa a se diferenciar no conteúdo que é oferecido para quem vai receber essa mensagem.

Lembre-se que o consumidor final é mais pessoal e, portanto, vai reagir melhor a conteúdos que solucionem problemas na sua vida ou que despertem emoções, enquanto o profissional de compras de uma empresa reage melhor a conteúdos mais técnicos e informativos, como infográficos.

Linguagem utilizada

A linguagem é parte essencial de uma estratégia de Marketing de Conteúdo, tendo grande impacto também estratégias de e-mail marketing.

Tendo em consideração as características de cada público e das suas necessidades especiais, é fácil entender que cada público vai reagir melhor a uma linguagem diferente. Uma linguagem mais pessoal e informal vai funcionar melhor com o consumidor final, enquanto uma linguagem direta e sem floreios terá melhor aproveitamento numa estratégia B2B.

Eventos especiais

Estratégias de e-mail marketing costumam ser pontuadas por eventos especiais, muita vezes alimentadas por um sistema de automação do marketing. E até mesmo nesse cenário nós podemos perceber as diferenças entre os públicos B2C e B2B.

Normalmente, o consumidor final procura por uma “desculpa” para fazer uma compra que não fechou antes. Ou o produto não está em promoção, ou não tem desconto ou ainda não é “o momento certo”. Todas essas hesitações podem ser percebidas através do comportamento do consumidor no site (se ele colocou o produto no carrinho ou não, se só entrou na página daquele produto ou pesquisou alternativas).

Já o profissional de compras de uma empresa procura pelo melhor negócio para sua empresa. Seu comportamento será diferente: ele buscará por mais informações antes de mostrar interesse no produto.

Agora que você já sabe os impactos das diferenças entre empresas B2B e B2C numa estratégia de e-mail marketing, pode aplicar essas informações na sua rotina. Que tal compartilhar esse artigo nas suas redes sociais e marcar seus colegas que adorariam obter esse conhecimento? Se interessou? Quer saber mais? Clique aqui e receba um orçamento!


Featured Posts
Recent Posts

Agência Afiliada