Por que investir em vídeo marketing para e-commerces?


Investir em vídeo marketing é uma das principais tendências do marketing digital, sobretudo após a exploração do formato por parte das redes sociais. O próprio Facebook vem provocando mudanças, ao estimular a produção e o compartilhamento de publicações dos chamados vídeos nativos — aqueles postados na própria rede.

E, quando a empresa em questão é um e-commerce, trabalhar com vídeos é algo ainda mais interessante. De acordo com estudo da Invodo, 52% dos consumidores que assistem vídeos dos produtos se sentem mais confiantes para realizar uma compra online.

Para complementar a consolidação do vídeo como o formato de mídia do momento, confira abaixo mais alguns dados:

  • 48% dos profissionais de marketing pretendem incluir o YouTube no planejamento para 2017 (Hubspot);

  • 45% dos internautas assistem vídeos no Facebook e no YouTube por mais de 1 hora na semana (Hubspot);

  • Aproximadamente 50% dos internautas pesquisam por vídeos relacionados a um produto/serviço específico antes de visitar a loja (Google);

  • 43% das pessoas na internet desejam ver mais conteúdos de vídeo marketing (Hubspot).

Ainda precisamos apresentar mais razões para o seu e-commerce investir em campanhas de vídeo marketing? Sem problemas! Continue acompanhando o nosso conteúdo e compreenda melhor o grande potencial dos vídeos.

1. O consumo de vídeo marketing no Brasil

Uma pesquisa realizada em 2015, pela comScore, intitulada “Brazil Digital Future in Focus”, comprova uma série de fatos sobre o consumo da internet no Brasil.

O Brasil é o único país da América Latina que está entre os que possuem internautas mais engajados no mundo. E, quando o assunto é vídeo, a média de minutos dedicados por cada brasileiro à visualização de vídeos é de 702 minutos por semana — a média da América Latina é de 521.

Ou seja, os brasileiros passam 3 horas a mais assistindo a vídeos do que os seus vizinhos! Além disso, o alcance na população total é de 36%. Já imaginou seu e-commerce alcançando essa grande massa?

Boa parte disso se deve ao enorme crescimento no uso de dispositivos móveis no país. De acordo com estudo anual realizado pelo GVcia, da Fundação Getúlio Vargas, já são mais de 244 milhões de dispositivos!

E 50% do tráfego móvel vem de visualizações de vídeos online. Se fizermos uma combinação com a quantidade de dispositivos móveis conectados na internet, você consegue ter a dimensão de quantos vídeos são visualizados aqui no Brasil?

2. Engajamento nas mídias sociais

Conforme mencionamos anteriormente, as redes sociais têm representado boa parte do forte engajamento dos brasileiros junto aos vídeos. No Facebook, por exemplo, o número de vídeos publicados aumentou em 75% — segundo estudo da E-Dialog. Já no Instagram, rede social conhecida pelo compartilhamento de fotos, 4 a cada 10 usuários assistem vídeos na plataforma segundo a GlobalWebIndex.

Cada vez mais, o público demonstra interesse em acessar vídeos nas mídias sociais, porém, assim como nos outros canais, um critério em comum tem sido a preferência por vídeos curtos. Mas o que explica isso?

A atenção do ser humano está cada vez mais efêmera e, no caso dos vídeos, essa atenção é ainda menor. Além da própria distração, não podemos deixar de considerar fatores como a falta de paciência, a pressa e possíveis lentidões nas conexões com a internet.

3. Tipos variados de vídeo

Uma grande vantagem que os vídeos possuem em comparação aos textos são as várias maneiras de atrair a atenção do público. Vídeos com depoimentos de clientes, por exemplo, podem aumentar as vendas em até 600% para o seu e-commerce!

Campanhas que investem em storytelling, em que uma história é contada ao público por meio de um vídeo envolvendo a marca, agregam muitos valores para a construção da marca e no relacionamento com os potenciais consumidores.

E colocando à parte os possíveis resultados, um fato muito interessante é que a sua empresa poderá produzir um vídeo de acordo com as suas necessidades. Isto é, o vídeo marketing é extremamente válido tanto para vendas quanto para vídeos corporativos, teasers, treinamentos e demais ações institucionais.

E aí? Finalmente, se convenceu de que o seu e-commerce precisa começar a investir em vídeo marketing? Que tal receber as nossas futuras dicas de marketing digital em sua timeline? Curta a nossa página no Facebook!


Featured Posts
Recent Posts