Marketing de conteúdo: 4 passos para produzir conteúdo relevante


Se você não vê a hora do seu negócio começar a gerar leads (potenciais clientes) — e muitos dividendos — mas não conta com recurso suficiente para investir no marketing tradicional, uma boa, barata e comprovada estratégia é o marketing de conteúdo.

Nessa modalidade, basta que você produza um conteúdo que seja realmente útil para seu público-alvo, distribua-o nos canais adequados e monitore os feedbacks criteriosamente. Pronto! Com um pouco de planejamento e muita criatividade, você transforma seu empreendimento em um sucesso de vendas.

Mas nem sempre é fácil produzir um conteúdo relevante. Neste post, vamos ensinar alguns passos básicos para que seu site atraia o tráfego de visitantes que você tanto precisa. Confira:

#1 O estudo de personas

O primeiro mito que você precisa derrubar é em relação ao conteúdo perfeito para a estratégia de marketing digital. Na verdade, não existe conteúdo perfeito, bem escrito ou bem apurado. Existe o conteúdo que melhor se adequa às buyer personas, ou representações semifictícias de seus clientes ideais.

Apenas com o levantamento (pesquisa de campo, entrevistas) de quem seriam os consumidores que se interessariam pelo seu produto/serviço, você poderá começar a definir a linguagem e o tipo de conteúdo apropriado para compor um material que sua clientela tenha vontade de ler.

#2 O SEO

A partir do momento em que você identificar suas personas principais, você deve lançar mão do SEO (Search Engine Optimization). Essa otimização é essencial para que o seu conteúdo seja de fato encontrado pelos seus clientes ideais através dos motores de busca do Google.

Com as características das personas em mãos, você poderá segmentar a busca pelas palavras-chave (termos mais buscados pelas personas em relação ao seu negócio) que você deverá inserir ao longo de todo o conteúdo a ser produzido.

#3 A categorização do conteúdo

Com personas e palavras-chave em mãos, o próximo passo é categorizar o conteúdo, ou, basicamente, planejar sua estratégia. Aqui, você deve determinar os títulos de blog posts e ofertas como e-books, tudo de acordo com o período em que serão publicados. Sem esquecer de relacionar cada conteúdo à respectiva persona. Exemplo:

  • Persona: Luiza, 30 anos, estudante universitária, quer independência financeira;

  • Palavra-chave: “como conseguir emprego”;

  • E-book: “Guia definitivo sobre como conseguir emprego ao sair da faculdade”;

  • Blog post: “Como conseguir emprego sem sair da universidade em 5 passos”.

#4 A redação

Bom, agora que sua estratégia está montada, basta começar a escrever! Independentemente de ser um blog post, uma página do site ou uma postagem nas redes sociais, o importante é manter o foco na persona:

  • Quais as dúvidas ou problemas da persona você gostaria de resolver por meio desse conteúdo? (Lembre-se de adotar a palavra-chave como guia);

  • Qual tipo de linguagem a persona usa? Gosta de gírias? Entende termos técnicos?;

  • Quais canais são os mais efetivos para divulgação do conteúdo? (Se a persona é heavy user de mídias sociais, um post no Facebook será mais eficaz do que um artigo no seu site).

Você acabou de publicar seu conteúdo otimizado nos canais certos e mal pode esperar pelo seu primeiro cliente. Calma. Agora é hora de monitorar a performance de cada página, postagem e blog post, conforme as personas interajam mais ou menos com cada um desses itens.

Apenas com a avaliação constante do número de visitas e taxa de rejeição ao material que escreveu é que você será capaz de afinar ainda mais sua estratégia, fazendo do marketing de conteúdo uma verdadeira fonte automatizada de geração de leads.

E então, gostou do post? O que acha de assinar nossa newsletter e ficar por dentro de mais assuntos interessantes como esse?


Featured Posts
Recent Posts

Agência Afiliada